segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O Fim Está Próximo!

Numa estrada, alguns metros antes duma curva, dois padres seguravam um cartaz que dizia:
O Fim Está Próximo! Arrepende-te e Volta Para Trás!
Nisto, passa um carro e eles mostram-lhe o cartaz.
O condutor do automóvel dá uma gargalhada, insulta-os e segue em frente.
Instantes depois ouve-se um grande estrondo para lá da curva.
Diz um dos padres para o outro:
- Olha lá... Se calhar já devíamos mudar o cartaz e escrever mesmo "A Ponte Caiu" , não achas?

sábado, 4 de julho de 2015

Criador de galinhas e Gravidez de Mulher

Um criador de galinhas vai ao bar da sua localidade, senta-se ao lado de uma mulher e pede uma taça de champanhe.
A mulher comenta: 
- Que coincidência! Eu também pedi uma taça de champanhe. 
Diz o fazendeiro:- Hoje é um dia especial para mim - Estou a festejar.
Diz a mulher: 
- Hoje é um dia especial para mim também! Eu também estou a festejar.
Diz o fazendeiro.
- Que coincidência!
- Quando brindam com as taças ele pergunta: 
- O que é que a senhora está a celebrar?
Diz a mulher: 
- Eu e meu marido há uns tempos que andamos a tentar ter um filho e hoje o meu ginecologista disse-me que estou grávida.
Diz o fazendeiro.
- Que coincidência! Sou criador de galinhas e durante muitos anos as minhas galinhas não eram férteis. Mas consegui! Elas hoje começaram a pôr ovos. 
- Isso é óptimo! Como é que conseguiu que as suas galinhas ficassem férteis? 
- Usei um galo diferente - diz ele.
A mulher sorri, brinda novamente e diz: 
- Que coincidência, também eu!!!

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Melhor Brinde da Noite

Naquela noite, o Luís estava inspirado e, levantando o seu copo de cerveja, brindou:
- Quero passar o resto da minha vida entre as pernas da minha mulher!
Isto valeu-lhe o prémio de melhor brinde da noite, lá na cervejaria.
Voltou para casa e contou à mulher:
- Maria, hoje ganhei o prémio para o Melhor Brinde da Noite, lá na cervejaria.
- Parabéns! E qual foi o brinde?
Sem coragem de contar a verdade, disse:
- Brindei assim: - Quero passar o resto da minha vida na igreja,sentado ao lado da minha mulher.
- Muito bem... isso foi realmente muito bonito!
No dia seguinte, a Maria encontrou um dos amigos do Luís, que riu furtivamente e disse:
- Sabe, Srª Maria, que o Luís ganhou o prémio de melhor brinde da noite? E o brinde foi sobre você...
- Sim, ele contou-me e eu fiquei surpreendida, pois ele não é muito dado ao assunto... desde que casámos, só esteve lá uma vez... veja que eu até tive que puxá-lo pelas orelhas para fazê-lo entrar... ainda por cima, adormeceu antes da Bênção Final...

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Loira sensual ganha no casino

Uma loira muito sensual entrou num casino. Trocou 20.000 euros por fichas e dirigiu-se à mesa da roleta. Quando chegou anunciou que apostaria todo o seu dinheiro e que acertaria os números num único lance.
E piscando o olho aos dois empregados responsáveis pela roleta acrescentou:
- Olhem, espero que vocês não se importem, mas tenho mais sorte quando estou toda nua…

Dito isto, ela despiu-se completamente e colocou as fichas todas sobre a mesa. Completamente siderado, o croupier girou a roleta. Enquanto esta girava, a loura cantava:
- MÃEZINHA PRECISO DE ROUPAS NOVAS! MÃEZINHA PRECISO DE ROUPAS NOVAS!

Assim que a roleta parou, ela começou a dar grandes pulos e a gritar:
- GANHEI!!! GANHEI!!! QUE BOOOM!!! GANHEEEI!!!
Ela então abraçou e beijou cada um dos croupiers. Em seguida debruçou-se sobre a mesa e recolheu todo o dinheiro e as fichas.
Vestiu-se rapidamente e foi-se embora. Os croupiers olharam um para o outro ainda meio aparvalhados. Finalmente, um deles, voltando a si perguntou:
- Em que número é que ela apostou?
O outro respondeu:
– Sei lá… Pensei que estivesses a olhar…

MORAL DA HISTÓRIA: Nem todas as louras são burras, mas os Homens são todos iguais!

terça-feira, 2 de junho de 2015

Advogada em excesso de velocidade

Uma advogada circulava em alta velocidade pela cidade com seu Mercedes topo de gama, quando foi interceptada pela polícia.

Guarda: – A senhora estava em excesso de velocidade, por favor, a sua carta.

Advogada: – Está vencida.

– O documento do carro se faz favor.

 – O carro não é meu.

– A senhora, por favor, abra o porta-luvas.

– Não posso, tenho lá um revólver que usei para roubar este carro.

– Abra o porta-malas!

– Nem pensar! Na bagageira está o corpo da dona deste carro, que eu matei no assalto.

O guarda, vendo-se diante das circunstâncias, resolve chamar o Sargento.
Chegando ao local o Sargento dirige-se à advogada:

 – Carta de condução e documentos do carro por favor!

– Está aqui senhor, como vê o carro está no meu nome e a carta está regular.

– Abra o porta-luvas!

– Como vê só tem alguns papéis.

– Abra o porta-malas!

– Certo, aqui está… como vê, está vazio.

O Sargento já constrangido diz: – Deve haver aqui algum equívoco, o meu subordinado me disse que a senhora não tinha carta, que não era a dona do carro pois o tinha roubado, com um revólver que estava no porta luvas, de uma mulher cujo corpo estava no porta malas.

– Só falta agora esse mentiroso dizer que eu estava em excesso de velocidade!!!